Parcerias entre ONGs e empresas

Quando a atuação das ONGs passa a ser mais efetiva no Brasil, a partir da década de 90, suprindo necessidades sociais que o Estado não era (e ainda não é, em muitos aspectos) capaz de atender, inicia-se um movimento de saída de recursos internacionais do país, tanto porque as instituições de cooperação internacional mudam seu foco para regiões menos privilegiadas, como a África, quanto porque estas instituições passam a perceber que o mercado privado e o Estado têm capacidade de assumir essa função de financiadoras.

Começa, então, a participação mais efetiva da iniciativa social privada no país, fortalecendo-se e ampliando-se cada vez mais. As empresas passam a adotar os investimentos em projetos sociais como diferencial competitivo, uma vez que, em paralelo a essas iniciativas começa-se a discutir os princípios e preceitos da responsabilidade social empresarial. Surgindo, através disso, as conhecidas parcerias entre empresas e ONGs.

Essas parcerias são estabelecidas mediante contratos de patrocínio em que a empresa cede os recursos necessários (físicos, financeiros e/ou humanos) para a execução de um determinado projeto social. Conquanto, dar-se início a uma relação de troca muito maior do que a apenas de recursos.

O método de gestão das empresas, até então, difere-se do método de gestão das ONGs. Enquanto uma está visivelmente preocupada com o retorno financeiro e de imagem que uma iniciativa vai oferecer, outra está preocupada com o impacto social que seu projeto vai gerar independente dos recursos utilizados. Então, as empresas estabelecem algumas regras para a utilização dos recursos que serão cedidos.

Regras essas estabelecidas antes mesmo do contrato de parceria. Para que uma ONG tenha acesso a recursos oriundos da iniciativa social privada, ela deve atender determinados pré-requisitos que comprovem que elas estão aptas a gerir tanto o projeto quanto os bens destinados a tal. Dar-se início à discussão sobre profissionalização do terceiro setor, adequação de métodos de gestão, avaliação e monitoramento de projetos sociais, implementação e divulgação de indicadores de resultados, entre outros. Ou seja, as ONGs passam a absorver conceitos mercadológicos, chegando a igualar sua estrutura gerencial e administrativa a de uma empresa de pequeno ou médio porte.

A influência da empresa financiadora do projeto passa a ser vista como uma relação de poder, como uma forma de dizer à ONG qual a forma correta de gerenciar seus projetos, com a conseqüência de ter seu patrocínio cortado caso não mostre a eficiência necessária. Mais uma vez, falamos de resultados gerenciais, baixos custos, boa gestão, metas atendidas, objetivos alcançados etc. Tem-se, dessa forma, uma privatização do setor social, como alguns teóricos chamam de setor 2,5 e não mais terceiro setor.

Essa influencia pode ser encarada de forma positiva desde que os requisitos impostos pelo financiador/patrocinador não batam de frente com a missão da ONG, que não a impeça de agir conforme seus valores e objetivos. Se essas exigências contribuírem para o alcance de impactos extraordinários, criação de tecnologias sociais que possam ser replicadas em outra comunidade e que, à medida que o tempo for passando, os problemas sejam sanados, é sinal de que a parceria foi um sucesso.

Cabe à ONG saber a quem recorrer, pois existem empresas que atuam na iniciativa social privada apenas por ter passado a ser uma exigência social e, cabe às empresas identificarem até onde podem exigir de uma ONG para que ela não perca sua identidade social. Há de se achar um meio termo.

Anúncios

18 Responses to Parcerias entre ONGs e empresas

  1. charles bulhoes disse:

    boa noite, estou vindo por este devido a uma ong que faço parte e que estaomos buscando por projetos para serem colocados em praticas dentro das comunidades carentes da cidade de camaçari, espero que exista alguma forma de desenvolvermos algum tipo de parceria que melhore a vida realmente de quem necessita.

  2. Charles bulhoes eu tenho um projeto que posso lhe passar algumas informações caso desejar, pois não sou de perto de você, qualquer coisa entra em contato jeffersonbb @ ackdata .com .br

  3. marcia disse:

    ola!
    gosto muito do seu blog, sempre tem matérias que realmente são interessantes e ajudam em muitos assuntos.
    Gostaria de uma informação, este projeto social que temos virtualmente está sem apoio financeiro de empresa alguma ou mesmo de qualquer pessoa física com recursos que pudesse interessar em investir na área social.
    Porque as empresa em geral não procuram projetos novos em comunidades que são realmente carentes, onde a sua empresa pudesse ter uma atuação real e efetiva.
    Já envie este nosso projeto social para muitas empresas e com sinceridade está mais uma vez prestes a ir para o fundo da gaveta.
    Onde estão as pessoas que acreditam em idéias novas e projetos novos?
    Cadê os investimentos do coração?

    R: Infelizmente, empresas não fazem investimento com o coração porque elas não têm um. O que elas precisam é saber o que ganham em troca do apoio a determinado projeto. Então, não adianta apelar para o lado emocional das empresas, não vai surtir efeito. Concentre-se em mostrar os resultados práticos do seu projeto, o que a empresa irá ganhar com o apoio à essa comunidade etc. Assim, você conseguirá a ajuda que precisa

  4. Alô Evelyne
    Sempre que posso leio o seu blog, gostaria de um favor seu. Trabalho numa ONG e estamos em busca de parceria com empresas estabelecidas no Brasil/brasileiras.
    Por isso interessada na LEGISLAÇÃO BRASILEIRA QUE DAR SUPORTE AS EMPRESAS/SOBRE OS BENEFICIOS QUE UMA EMPRESA RECEBE, QUANDO TRABALHA COM RESPONSABILIDADE SOCIAL. Você poderia nos ajudar sobre este assunto, NOS INDICAR. Agradeço Ana

    R: Agradeço seu interesse no meu blog.
    Para te dar informações mais precisas, você deve procurar um escritório de contabilidade. Porém, esse texto aqui http://www.rits.org.br/legislacao_teste/faq/lg_faq_ifiscais.cfm?extrutFAQ=0 poderá te ajudar a entender melhor como as coisas acontecem.

  5. Nilva disse:

    Estou em Bragança Paulita e gostaria de saber quais as empresas que tem o cunho social para desenvolvermos atividades em parceria por aqui.

  6. Nilva disse:

    Onde encontro um modelo de Termo de Parceria entre empresa e ongs? Consegui vagas para estagiarios em algumas empresas por aqui e agora preciso de um termo de parceria. Pode me auxiliar?

    R: Estou encaminhando seu e-mail para uma assessoria jurídica, talvez ela possa ajudar

  7. Midson disse:

    Olá! Sou Engenheiro e professor de Construção Civil. Moro numa região de grandes impactos ambientais que é a região do grande Lago da Usina Hidroelétrica de Tucuruí, no interior do Pará e a maior Usina Hidroelétrica genuínamente brasileira. Presto consultoria para uma prefeitura de uma das cidades afetadas pela construção do Lago e sei da grande dificuldade do prefeito em conseguir grandes recursos para realizar obras que minimizem os impactos ambientais. Por ser nativo da região amazônica, preocupo-me com o futuro do planeta e…
    GOSTARIA DE MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE COMO CONSEGUIR PARCERIA(S) FINANCEIRAS COM ONG´S INTERNACIONAIS VISANDO A APLICAÇÃO DESSES RECURSOS EM PROJETOS COMO CONSTRUÇÃO DE UM PÓLO PESQUEIRO (JÁ QUE O GOVERNO ESTÁ PRESTES A INAUGURAR UMA ECLUSA NO TRECHO DA USINA), REVITALIZAÇÃO DE CÓRREGOS AFLUENTES IMPACTADOS PELO AVANÇO INDISCRIMINADO DAS HABITAÇÕES URBANAS DESORDENADAS E PROJETOS DE MANEJO FLORESTAL NA REGIÃO????
    POR FAVOR, SE PUDER, ME DÁ UMA ORIENTAÇÃO DE COMO PROCEDER…
    GRATO!
    MIDSON CÉSAR!

  8. Edison disse:

    Amigo, entrei no teu blog,para captar informações sobre projetos, ONGs, captação de recursos, etc. Não sei coisa alguma sobre isso. Só tenho vontade mesmo.Meu pensamento é de montar um projeto que possa realmente dar um jeito neste planeta em relação ao meio ambiente, efeito estufa , etc..Já começei a rascunhar, mas me falta recursos fisico e intelectual. Sei lá o q faço.As idéias no meu ver são muito boas, alhas ótimas, talvez a única maneira de salvar este planeta.Não sei como realmente começar. Os benefícios com certeza serão de valor inestimavel, eterno. Gostaria de sua opinião, algo realmente de conreto. Agradeço.Deus seja convosco.

    R: Na página do meu blog, chamada Banco de Ideias, há dois links com resumos de projetos que podem oferecer ideias muito interessantes que você pode seguir.

  9. Jacinta Carvalho da Silva disse:

    A nossa associação mantém uma crche para crianças de 02 à 06 anos e acompanha crianças de 07 à 14 anos em situação de vulnerabilidade social, assistimos essas crianças com reforço escolar, oficinas de pinturas, artesanato eaplicamos os cursos quando conseguimos ajuda para custear, mas temos nossos projetos e gostaria muito que fosse visto por ongs e que nos ajudassem, por favor entre em contato conosco para que possamos enviarlhes nossos projetos.Obrigada e que Deus abençoe e ilumine À todos, Jacinta.

  10. Jacinta Carvalho da Silva disse:

    A nossa associação mantém uma crche para crianças de 02 à 06 anos e acompanha crianças de 07 à 14 anos em situação de vulnerabilidade social, assistimos essas crianças com reforço escolar, oficinas de pinturas, artesanato eaplicamos os cursos quando conseguimos ajuda para custear, mas temos nossos projetos e gostaria muito que fosse visto por ongs e que nos ajudassem, por favor entre em contato conosco para que possamos enviarlhes nossos projetos.Obrigada e que Deus abençoe e ilumine À todos, Jacinta.Ah, somos de Maracanaú no Ceará.

  11. OLÀ, ENTREI NO SEU ESPAÇO PROCURANDO UMA PARCERIA COM EMPRESAS COM INTERESSES EMTRANSPORTE E LOGISTICA QUE È MINHA AREA AA22 ANOS , NESSE MOMENTO BUSCO REALMENTE UMA PARCERIA OU VENDA DE TRINTA % DA EMPRESA DADO AO UM INVESTIMENTO NO SETOR QUE NÂO PODEREI FAZER SEM AJUDA, SEI QUE NÂO È SUA PROPOSTA, MAS UTILIZEI DESSE ESPAÇO PARA SITAR QUE SEMPRE TIVE ADMIRAÇÂO POR MULHERES INTELIGENTES COMO VOCE E INTERESSADAS EM SEREM ÙTEIS INVÈS DE FUTEIS CONTINUE SEU TRABALHO E QUE DEUS A ABENÇOE, SE PRECISAR DE UM CAMINHÂOZINHO PARA TRANSPORTAR QUALQUER COISA PARA QUALQUER LUGAR ME DISPONHO. OBRIGADO.
    PARECE BRINCADEIRA MAS NÂO È FORTE ABRAÇO SAÙDE E SUCESSO.

  12. Antonio Alberto de Jesus Araujo disse:

    procurando parceria para montar escola profissionalizante para deficiencia mental multiplas no setor industrial, sou pedagogo especialista em deficiencia mental multiplas. nao sei como consequir esta ajuda gostaria se alguem soubesse mim indicaria firmas obrigado a todos.

  13. Marcos Aparecido de Oliveira disse:

    Prezados

    Preciso de um modelo de termo de cooperação técnica, quem poderá me mandar?

    Desde já, obrigado.

    Marcos

  14. Marcos Aparecido de Oliveira disse:

    Prezados

    Preciso de um modelo de termo de cooperação técnica, quem poderá me mandar?

    Desde já, obrigado.

    Marcos
    cidopv@yahoo.com.br

    R: Não tenho esse modelo, mas se você digitar os termos no Google, provavelmente, encontrará o que precisa.

  15. Patricia Maria dos Santos disse:

    Olá gostaria que você me enviasse uma relaç~~ao com nome de empresas que fazem parceria com ongs,pois eu faço parte de uma ong aqui em São Francisco do Conde-BA,e estamos em busca de parcerias.Desde já agradeço.

    R: Daí da região de S. F. do Conde, posso citar a Caraíba Metais, a Braskem, entre outras grandes empresas que fazem parte do pólo e que se beneficiam de alguma forma da sua cidade. Procure-as para saber que tipo de projetos sociais elas apóiam.

  16. Priscila Naomi disse:

    Bom dia!
    Encontrei seu blog pelo google adorei, gostaria de saber se a sr. poderia me dar dicas de empresas que fazem parcerias com ONGS aqui em Sp capital trabalho em uma ONG que oferece cursos profissionalizantes para adolescentes de 15 a 17 anos e 11 meses?
    Desde já agradeço a atenção.
    Priscila

  17. carla cavalheiro disse:

    Boa tarde,
    Sou presidente de uma ONG de promoção de igualdade racial no município de Alvorada-RS e gostaria de desenvolver um projeto de capacitação para afro-descendentes. Porém a nossa ONG tem um ano de existência e devido à isto não conseguimos conveniar com organismos governamentais. Preciso de ajuda!

  18. vanessa disse:

    trabalho a algun tempo em uma ong de proteção animal que recolhe e realoca animais de ruas (santos e região)gostaria de estar fazendo parcerias com as faculdades da regiao para fazer conhecerem melhor nosso projeto antes de começarmos a pedir patrocinio,pois acredito no quem aparece cresce,e estou um pouco confusa por onde começo,por favor aceito dicas. atenciosamnete vanessa

%d blogueiros gostam disto: